quarta-feira, 13 de outubro de 2010

O cérebro é matéria do Globo Repórter

O cérebro é matéria do Globo RepórterO Globo Repórter da última sexta-feira foi inteiramente dedicado ao cérebro, apresentando casos que mostram os diversos caminhos para manter o cérebro saudável. O que nos deixa orgulhosos é que toda a reportagem foi feita com base em pesquisas que estão sendo desenvolvidas aqui no Brasil, por cientistas brasileiros.

Um caso muito interessante apresentado pela reportagem é o do rapaz que nasceu sem parte do cérebro. Aos três meses de idade, os médicos disseram que ele não resistiria, dando-lhe menos de 1 % de chance de sobreviver. Mas, com o apoio da mãe, ele conseguiu aprender a ler, escrever, fazer contas e até tocar música. Isso só foi possível devido a uma capacidade do cérebro chamada de neuroplasticidade, ou plasticidade cerebral, que é a capacidade de remapeamento das conexões das nossas células nervosas. Esse mesmo assunto já foi abordado em nosso artigo que responde a pergunta “O que é neuroplasticidade?”.

No artigo intitulado “Meditação - pode ser mais fácil do que você pensa” comentamos sobre um estudo desenvolvido nos EUA que comprova que a meditação pode proporcionar benefícios já no curto prazo, sendo o principal deles a habilidade de se manter atento. As pesquisas desenvolvidas no Brasil pela Unifesp e pela UnB, apresentadas na reportagem da Globo, estão comprovando que a meditação também reduz a ansiedade e o estresse e auxilia na cura de doenças.

Uma parte muito interessante da reportagem e de utilidade para todas as pessoas foi a entrevista com o neurologista Dr. Paulo Caramelli, da UFMG, onde ele apresenta diversas recomendações de como manter seu cérebro saudável e comenta da importância de se “fazer atividades que mobilizem o cérebro e atividades sociais também”.

Muitas das recomendações apresentadas na reportagem estão alinhadas com as do nosso artigo “5 estratégias para melhorar a memória”, que ressalta a importância do sono, da alimentação, do relaxamento, dos exercícios físicos e do estímulo cognitivo para se manter o cérebro saudável, até porque estão todas embasadas em pesquisas científicas recentes.

Apoiamos todo tipo de iniciativa que ajuda a popularizar as informações sobre saúde do cérebro, ainda mais quando ela vem acompanhada de toda uma riqueza de imagens e qualidade de reportagem. Por isso, recomendamos a todos que vejam a reportagem completa e coloquem em prática as suas lições para garantir uma melhor qualidade de vida agora e na velhice.

Comentários

Os comentários foram desativados para esta postagem.